Zebra e Funk Parma Latte


de Mary Fê

Zebra – 17 de junho às 20h
Foyer do ECM Sérgio Porto

Resultado inesperado, seu nome é zebra. Bumba meu boi, Dom Quixote, São Jorge, Dragão Chinês. Universo fantástico do folclore sobrenatural e festas regionais do Oriente a Copacabana. Apresentação com adereços coletivos que reverencia as festas eletrônicas tecnobregas, com luzes e som das aparelhagens gigantescas, mas adaptadas ao corpo da performer.

O que você sabe da zebra? Ela não é branca nem preta. Sempre de pijama, caiu da cama a Zebra Chega! Ela vem dar bronca mas vive na flauta! Ela diz que vem, mas nem ia fazer falta… A zebra usa um pijama confortável e bonitinho. Não nasceu pra atrapalhar, fica num cantinho: Zebra! Cuidado! Ela está se transformando! Não! Não! Desculpe, zebra, eu estava falando pra acrescentar…

Funk Parma Latte – 17 de junho às 21h30
Galeria Marcantonio Vilaça (ECM Sérgio Porto)

O mundo adulto atenuado, numa imitação inocente e lúdica de um baile funk infantil. Leite em pó é prepa- rado e servido para a platéia pela performer enquanto canta, toca e se movimenta pelo espaço, ao som do Sound System de Caixas de Leite Furacão Dois Milk.
Pouco potente, para não machucar os ouvidos, do leite em pó às Cos-Mococas projetadas, é certamente uma sátira à constante inserção da criança no mundo adulto lascivo, mas, desta vez, fazendo o caminho inverso, trazendo o adulto para um baile (de leite) fervido e inócuo.

Criação e interpretação_Mary Fê
Montagem de som, LEDs e arduino_Mary Fê, Felipe Navarro, Dudu, Toni, Maurício Féo
Figurino_Mary Fê e Toni Titeres
Apoio_288 Design e Formação de Quadrilha
Agradecimentos_a todos os amigos que juntaram caixas de leite, Guy Leal, Jananda Lima, Guilherme Howat, Toni Titeres, Felipe Navarro, Maurício Féo, Samir Cury, Alan Azambuja, HTLT, Dudu, Bruno Tavares, Marta Vieira, Gustavo Ciríaco, Daniela Amorim, toda equipe do Sérgio Porto.

R$10,00 e R$5,00 (Meia)
Ingresso válido para as duas performances.